ScrapBook Digital – Um Guia com dicas práticas

O ScrapBook digital é uma versão alternativa ao scrapbook tradicional, que caiu no gosto principalmente das pessoas mais “conectadas” ao mundo digital, que preferem organizar as fotografias e recordações no computador, smartphones e tablets.

Um outro fator que impulsionou o scrapbook digital foi a própria tecnologia. Eu mesmo tenho mais de 50.000 fotos digitais (pessoais) armazenadas em meu computador, com todas as ocasiões especiais e o dia a dia com minha família.

Para seu scrapbook digital não cair no esquecimento dentro do computador, existem alguns recursos que permitem transmití-lo na televisão usando apenas a internet ou bluetooth, como a apple TV por exemplo. Depois você dá uma olhada nisso também que é muito legal!

Então hoje é muito mais atrativo ter suas recordações digitais que antigamente.

Neste artigo reuni algumas dicas práticas para te auxiliar com os primeiros passos no planejamento de seu primeiro scrapbook digital.

Espero que goste! Se tiver mais alguma dúvida, deixe no comentário lá embaixo. 😉

O início com ScrapBook Digital

ScrapBook Digital

Acredito que a maioria das pessoas começa no scrapbook digital. É uma forma excelente de se familiarizar e aperfeiçoar seus conhecimentos para depois seguir com os projetos no papel.

Vantagem do digital: Enquanto estiver aprendendo você pode testar, errar e refazer todo seu projeto. Se não ficar bom, apague e comece tudo de novo. É a vantagem da tecnologia.

Desvantagem do Papel: Já no papel, a coisa é pra valer e você não pode contar com a mágica combinação de teclas, o “famoso ctrl+z”.

Para iniciar você não precisa de muita coisa. Apenas força de vontade, paciência para praticar até ficar expert e um computador que permita instalar alguns programas para montar seu scrapbook digital. 😉

Vamos agora ao passo a passo para o desenvolvimento de seu primeiro projeto?

1) Separe suas fotografias

Todo scrapbook digital contém fotografias. Separe suas fotos e organize-as numa pasta específica para serem utilizadas nos softwares de criação.

Se você precisar aprender sobre organização de fotografias recomendo ler este blog. Um scrapbooker digital precisa conhecer pelo menos o básico sobre edição e tratamento de fotografias.

É importante separá-las por ordem cronológica para facilitar a montagem e desenvolvimentos das páginas do álbum. Se possível nomeie as pastas por data e local, como por exemplo “Paris – 10.05.17”.

Estas informações de data e hora podem ser usadas para compor seu álbum de viagem.

2) Encontre suas Imagens decorativas

ScrapBook DigitalModelo Paris

Como no scrapbook tradicional, você vai precisar de elementos decorativos para compor as páginas de seu scrapbook digital. A diferença é que sua pesquisa será feita em lojinhas online.

Você vai precisar escolher alguns papéis digitais para compor o fundo de seu projeto e elementos decorativos para composições sobrepostas, como é feito nos projetos em papel.

No exemplo acima usei elementos decorativos e papel digital em tons terrosos e neutros. Achei que contrastou com a fotografia em tons mais quentes.

Se eu fosse você nem perderia tempo pesquisando algo gratuito, pois os pagos são bem baratinhos, muito mais completos e com imagens de alta qualidade. As vezes você vai perder horas pesquisando algo quem nem é tão bom assim.

Abaixo uma listagem dos sites que mais gosto:

3) Escolha o Software de criação

Você precisa escolher um software que permita trabalhar com fotografias e imagens decorativas de forma livre e precisa. Quero adiantar que não é uma das tarefas mais simples, por isso teste todos os programas e depois decida levando também em consideração sua opinião pessoal.

A) O My Memories Studio

Se você não tiver muita familiaridade com softwares de edição profissional, recomendo conhecer o My Memories Studio que é voltado especialmente para criação de scrapbook digital.

Ele não é brasileiro, mas com o básico do inglês você consegue utilizá-lo numa boa. Foi reconhecido como o mais completo e melhor programa para criar scrapbook, concorrendo com outros 6 da categoria.

Na hora de comprar, use o cupom STMMMS37984 (copie este código completo e cole lá no checkout) para receber 10% de desconto pela indicação aqui do blog! 😉

B) O Photoshop

O photoshop é o programa para fotógrafos e designers mais conhecido do mundo. Com ele é possível trabalhar livremente e criar belos projetos de scraps.

O ponto negativo é que a curva de aprendizado é mais demorada, justamente por ser um programa para profissionais.

Se você nunca trabalhou com o photoshop, pode ter uma certa dificuldade para criar seu primeiro scrapbook digital. Neste ponto o My Memories sai na frente, mesmo sendo em inglês.

Teste o photoshop aqui no site da Adobe

C) O inDesign

Este indico para quem deseja fazer projetos profissionais e mais cleans. O inDesign é o programa para diagramação de livros mais usado do mundo e vale a pena conhecê-lo.

Até o momento que escrevo este artigo o inDesign é meu preferido. Uso em quase 100% para criar todos os meus projetos pessoais e profissionais.

Conheça aqui o inDesign e faça um teste gratuito

D) O Affinity Design

Este é um aplicativo mais recente que veio para ficar. A equipe de criadores chegou com a proposta de fazer um aplicativo à altura do Photoshop, com um valor muito menor e acessível à todos.

Clique aqui para conhecer o Affinity

4) Envie para Impressão no formato correto (Opcional)

Nem todos fazem impressão dos scrapbooks digitais, mas se você tem planos para imprimir é importante criar seus projetos em alguns tamanhos padronizados aqui no Brasil.

Os tamanhos mais comuns são:

  • Formato 20x20cm
  • Formato 20x30cm
  • Formato 25x25cm
  • Formato 30x30cm

Onde fazer sua impressão?

Como fotógrafo e designer conheci dezenas de fornecedores que imprimem folhas soltas para você encadernar seu scrapbook digital futuramente. Muitos deles não valem à pena pela falta de qualidade e prazo de entrega estendido. Então nem citarei por aqui.

Minhas duas recomendação oficiais são Indimagem (Rio Grande do Sul) e Digipix (São Paulo). Grandes empresas que atendem milhares de clientes todos os meses e enviam álbuns e impressões para todo o Brasil.

Agora um recado muito importante!

Antes de enviar seu primeiro álbum para impressão, entre em contato com o fornecedor escolhido e faça uma confirmação sobre os formatos para enviar os arquivos digitais. Este passo vai reduzir bastante sua dor de cabeça e perda de tempo.

Para finalizar

Estas foram minhas dicas para quem está pretendendo iniciar com o scrapbook digital.

O mais importante agora é colocar em prática todos os passos compartilhados aqui e ter em mente que o crescimento acontece aos poucos. Ninguém torna-se expert em alguma coisa com poucas horas de aprendizado.

Para escrever estas dicas, conto com a experiência de 10 anos e 400 álbuns de fotografias já criados para clientes de todo o Brasil.

O tempo e a prática aperfeiçoam nossos projetos. Assim também é com a vida, quanto mais o tempo passa, mais aprendemos e nos tornamos experientes.

Comente abaixo e diga o que achou destas dicas, e não esqueça de compartilhar com seus amigos nas redes sociais.

Abraços e nos vemos em breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *